Novas Tecnologias no Tratamento do Ceratocone

Novas Opções para o Tratamento do Ceratocone



Lentes de Contato




O ceratocone inicial pode ser corrigido com lentes de contato ou óculos. Apesar de alguns casos poderem ser com lentes gelatinosas, o resultado visual é pior. Varias lentes mais modernas como a híbrida, que tem a parte central mais rígida e a periférica gelatinosa e as esclerais estão disponíveis para um melhor resultado.

Devem-se tentar as diferentes opções em lentes de contato antes de se decidir por uma cirurgia. A intolerância a lente, com a possibilidade de uso por apenas poucas horas por dia pode ser causada por abrasões nas irregularidades da córnea.

 Outra razão é a presença de olho seco, frequente em pacientes com ceratocone.

Existem agora muitas formas de tratar os olhos secos para melhorar a tolerância a lentes de contato. Isto inclui a utilização de lágrimas artificiais, medicamentos que  aumentam a produção de lágrima e a utilização de oclusores de ponto lacrimal que preservam as lagrimas existentes, evitando a sua drenagem.

Às vezes uma opacidade pode surgir no ápice do ceratocone, aumentando a intolerância. Pode ser necessária a ceratectomia fototerapêutica (PTK) para remover essa opacidade e melhorar o conforto com lentes.


 Aneis intracorneanos.



Indicados para restaurar a asfericidade da cornea, levando ao seu aplainamento, pode melhorar a tolerância a lente de contato, melhorar a visão e adiar a necessidade de um transplante.

Esse método leva ao aplainamento da córnea indicado em curvaturas menores de 58 dioptrias.

Também é útil para os indivíduos portadores de ceratocone que querem melhorar a sua visão atual, com ou sem lentes de contato. Esta técnica envolve a inserção de dois segmentos de arco de acrílico especial na córnea. Este procedimento foi pioneiro há 18 anos na França, e está sendo feito rotineiramente por especialistas córnea em todo o mundo. É aprovado pela FDA nos Estados Unidos e foi recentemente incluído pela Anvisa nos Rols de obrigatoriedade de correção por planos de saúde no Brasil

 O nosso centro é pioneiro no uso do laser Intralase para fazer os canais para inserir os segmentos de plástico este torna uma técnica muito mais segura e mais simples para o paciente em comparação com a técnica mecânica que envolve a utilização de lâminas de metal.






Crosslinking de colágeno (CXL)




A tecnologia mais promissora para o tratamento de ceratocone é chamada Crosslinking de Colágeno  (CXL) com UVA que tem sido utilizado na Europa há mais de 10 anos e demostrou ser segura e eficaz para parar a progressão da Ceratocone. Este tratamento é recomendado para indivíduos com ceratocone progressivo ou ectasia após LASIK para estabilizar a córnea. Ela pode ser realizada associada ou não a aneis corneanos ou cirurgia a laser.

O procedimento é indolor, e é realizado como segue. A camada superficial (epitélio) da córnea é removida sob anestesia local. Gotas da Vitamina B6 – Riboflavina - são aplicadas na córnea até que penetrem na sua totalidade. A seguir  o olho do paciente é colocado sob um aparelho que emite luz UV a um comprimento de onda predeterminado durante aproximadamente 30 minutos. Durante este processo as ligações cruzadas, que ligam as fibras da córnea, são aumentadas, enrijecendo-a.

Uma lente de contato terapêutica é então colocada sobre os olhos e os pacientes são tratados com antibióticos e anti-inflamatórios em gotas e acompanhamento em uma base regular com seus médicos.

Muitos pacientes notam uma melhora em sua visão em 3 a 6 meses e os estudos europeus sugerem que apenas 5-8% dos pacientes precisam ser retratados.


Assista o video sobre CXL de Colageno

Transplante de córnea




Transplantes de córnea são a única opção para pacientes que tenham cicatrizes no centro da córnea ou que são intolerantes a lentes de contato porque suas córneas são muito curvas. Os resultados de transplantes de córnea são excelentes em pacientes com ceratocone com uma taxa de sucesso superior a 97%. Os pacientes podem realizar LASIK ou PRK em seus transplantes após a cirurgia e tornar-se menos dependentes de óculos ou lentes de contato - muitos de nossos pacientes chegam a alcançar 20/30 ou melhor visão com esta combinação de procedimentos.

 Recentemente, o laser femtosegundo foi aprovado para a realização de transplante de córnea (também conhecido como IEK). Este é um dos maiores avanços na cirurgia de córnea nos últimos 30 anos. O resultado é um processo mais rápido, uma recuperação mais rápida e menos astigmatismo com uma melhor visão. O Eye Care Hospital de Olhos ceratocone é um dos poucos centros no mundo que agora usa esta tecnologia inovadora.



Ceratoplastia lamelar profunda (DALK)


O transplante e realizado, preservando a camada interior da córnea chamado endotélio. Essa técnica diminui a probabilidade de rejeição.



Metodo CAP (Contour Ablation Protocol)




A experiência internacional tem mostrado que, em pacientes que têm mais de 30 anos de idade, cuja visão é estável e cujas córneas com espessura suficiente que obter resultados similares com a PRK como iria ficar com os óculos. Normalmente associa-se o Crosslinking a essa modalidade.





Lentes intraoculares fácicas




Os pacientes com miopia mais alta associada podem se beneficiar destas lentes. São lentes próprias implantadas no interior dos olhos e que podem corrigir ate 20 dioptrias.



Tratamento individual


A analise pelos especialistas do Eye Care Hospital de Olhos permite o uso de técnicas  cirurgias associadas ou não para resultar na melhor qualidade de visão e vida dos pacientes com ceratocone.

Encontre o Dr. Renato Neves no Google+

Postagens mais visitadas